Patente aprovada: Smartphone com tela dobrável da Motorola

O smartphone Motorola patenteado tem três partes. As duas primeiras partes têm um display flexível, a última parte é uma capa. Muito útil, porque de que outra forma você pode proteger o dispositivo durante o transporte. O case também é simplesmente removível.

As telas dobráveis parecem ser a tendência para os próximos smartphones e tablets. Pelo menos é o que mostram as patentes registradas nos últimos tempos. Depois de a Samsung prometer o lançamento de um dispositivo com tela versátil, agora é a vez da Motorola, que registrou uma patente para um dispositivo que pode variar entre um tablet e um smartphone.

O documento mostra um dispositivo que fechado é muito semelhante a um aparelho convencional usado já hoje em dia. Contudo, seria possível abri-lo e dobrar o tamanho da tela, em um formato que mais parece um tablet. A diferença do conceito da Motorola, contudo, é que ele não abre “para dentro” e sim “para fora”. Ou seja, diferente da ideia da Samsung, a tela ficaria na parte convexa da dobra.

O dispositivo ainda tem uma capa que guarda a tela quando fechado e que funciona como base para apoio do aparelho em formato de triângulo. A capa é removível, de acordo com a patente, e também pode funcionar como um carregador sem fio para o produto.

Motorola
Aparelho se abre em um tablet (Foto: WIPO/LetsGoDigital)

Há uma câmara frontal na parte esquerda superior do aparelho e a caixa de som na direita. Quando aberto, o dispositivo se transforma em uma tela apenas, sem ter sequer um vinco no meio dela. Vale perceber que o desenho não mostra botões.

Há dois anos, a Lenovo já apresentava dois conceitos de smartphones dobráveis ​​da Motorola no World Tech Event. Um deles tinha uma tela flexível que podia ser enrolada no pulso. O outro era um smartphone que uma vez dobrado aberto se desdobrou em um tablet. Ambos os protótipos são mostrados no vídeo da Android Authority abaixo. Uma nova patente também foi concedida à Motorola a partir do segundo conceito.

A patente foi registrada em setembro de 2016, mas somente agora, em março de 2018, que foi aprovada na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO, na sigla em inglês). Apesar do registro, ele não garante que o produto realmente sairá do papel, podendo ficar engavetado apenas para proteger a propriedade intelectual da Motorola.

No MWC 2018, o CEO da Lenovo, Yang Yuanqing, emitiu sinais para a Techradar de que a empresa está trabalhando em um smartphone com uma tela dobrável. Se este smartphone vai cair dentro da série Motorola Razr ou se tornar um produto completamente novo permaneceu sem resposta. No entanto, o CEO deixou claro que esperava uma rápida realização.

Imagem: Ceo Yang Yuanqing

De acordo com o Ceo “Yang Yuanqing disse ao Techradar: Com a nova tecnologia, especialmente telas dobráveis, eu acho que você verá cada vez mais inovação no design de nossos smartphones. Então esperamos que o que você acabou de descrever (a marca Motorola Razr) seja desenvolvido ou realizado muito em breve.

Ainda é difícil prever o quanto a Lenovo está com o processo de desenvolvimento e quais produtos ou produtos estão envolvidos. Em qualquer caso, esta patente parece uma continuação lógica do conceito mostrado há dois anos.

A conferência VivaTech Paris começará em Paris em 24 de maio de 2018. O CEO da Lenovo também está presente neste evento de tecnologia. Talvez isso revele novamente um canto do véu.

Fonte: LetsGoDigital

2062
Deixe seu comentário