Siri ou Google Now: Qual você prefere ou usa?

Atualmente a maioria dos smartphones possui assistente de voz, que passou a ser um dos grandes destaques do mundo dos smartphones. Consumidores de todas as idades e perfis passar a querer os recursos em seus aparelhos, e claro pelas possibilidades de interação de alto nível prometidas pelas fabricantes.

Hoje nos da iTec news vamos trazer uma comparação entre o Siri da Apple e o Google Now do Android, qual é o melhor? Qual você prefere? Qual você usa? Vamos lá!

O que todos têm em comum?

Um dos grandes pontos de encontro entre todos os assistentes está no fato de que eles são criados para um entendimento contextual. Isso significa que eles não são usados apenas para a realização de buscas com palavras-chave, mas podem entender questões mais complexas e trazer respostas diretamente a isso.
Confira agora mesmo um pouco mais sobre cada uma das possibilidades.

SIRI OU GOOGLE NOW?

O lançamento da Siri em português põe a assistente da Apple em uma briga direta com o Google Now, que já fala o idioma. Com o recurso, é possível fazer pesquisas por voz e até mesmo enviar mensagens e ligar para um contato. No entanto, qual deles se sai melhor no Brasil?

QUALIDADE DE VOZ:

qualidade-de-voz

Um dos pontos que mais decepcionaram na chegada da Siri ao nosso idioma é a voz da assistente. Após quatro anos de espera, a Apple lançou o seu recurso com um timbre bastante robótico e frases truncadas, especialmente se comparado à versão de língua inglesa.
O Google Now, por sua vez, não é perfeito, mas é possível encontrar uma qualidade bastante superior ao concorrente. A pronuncia é bem mais fluída e correta, especialmente nas acentuações. Além disso, não foram encontrados erros com preposição, como no caso da Siri.

COMANDOS:

comandos

Google e Apple alternam forças quando o assunto é variedade de comandos para os seus assistentes. A Siri é ótima para atividades que envolvam os aplicativos da Apple e aqueles integrados ao iOS. Por exemplo, ela é capaz de publicar no Facebook ou Twitter, fazer chamadas no FaceTime e pode manter um certo diálogo com o usuário, incluindo pontos mais bem humorados.
Já o Google Now é ideal para quem pretende fazer pesquisas. Além do sistemas de cards no dia a dia, o assistente é capaz de apresentar informações sem grandes rodeios para o usuário. Ao perguntar “Quem é Dilma Rousseff?”, por exemplo, Now responde dados sobre a presidente, enquanto Siri mostra uma tela da Wikipedia. O mesmo ocorre ao perguntar o valor do dólar, calorias dos alimentos, entre outros.

RECONHECIMENTO DE VOZ:

Não é segredo que o Google Now entende o português brasileiro há mais tempo do que a Siri. No entanto, a Apple levou quatro anos para lançar uma ferramenta que apresenta mais falhas de entendimentos do que os concorrentes. Isso não impede que a Siri seja bem utilizada em nosso idioma, mas ela tende a se sair pior na comparação.

ATIVAÇÃO POR VOZ:

ativacao-por-voz

Um ponto em que a Apple larga na frente, porém, é a ativação à distância. Durante os nossos testes, a assistente do iPhone conseguiu perceber mais facilmente o comando “E aí, Siri” do que o Google fez com o “OK, Google”. A disponibilidade disso, no entanto, varia também de acordo com o dispositivo.

DIFERENCIAIS:

diferenciais

Apple e Google também fizeram boas características próprias para seus serviços. A inteligência por traz da Siri é mais humana, permite não só a realização de comandos, como um diálogo com a assistente, em uma relação mais amigável. Por outro lado, ela só pode ser acionada por voz e todo o feedback é baseado na fala, o que implica problemas de privacidade em algumas situações.
Os cards do Google Now, por outro lado, oferecem uma experiência bastante personalizada e com previsões baseadas em horários e buscas anteriores do usuário. Além da voz, o recurso aceita também comandos a partir de digitação, o que o torna mais flexível. Além disso, o assistente está disponível para mais plataformas: Android, iOS, Chrome OS e Windows, a partir do navegador do Google.

CONCLUSÃO:

conclusao

A Siri é uma ótima assistente e sua chegada ao Brasil é muito bem-vinda. No entanto, o Google Now apresenta elementos que o faz vencer essa disputa. Em primeiro lugar, a fluência do assistente do Google é um ponto forte a favor, assim como a precisão no reconhecimento. Fora isso, ele é mais flexível e está disponível em mais plataformas, acompanhando o usuário ao longo do dia.
A Siri, por sua vez, será ótima para quem usa os serviços da Apple e prefere usar os comandos de voz, que são mais completos do que o rival. As sacadas da assistente são muito divertidas, mas parece difícil que alguém vá ficar horas falando com o smartphone, especialmente na rua.

Autor: Daniel Batista

FONTE TecMundo

2134
Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.