Em julho acontecerá o eclipse lunar mais longo do século, visível no Brasil

Os Eclipses lunares acontecem quando a Lua é ocultada parcial ou totalmente pela sombra da Terra, sendo este um fenômeno visível a olho nu, a depender da região do globo onde você se encontra. Eles ocorrem quando o Sol, a Terra e a Lua se alinham, com a Terra ficando entre a estrela e o satélite natural. E no dia 27 de julho teremos o privilégio de observar este que será o eclipse lunar total mais longo do século — o fenômeno será visível da América do Sul, Europa, África, Ásia e Austrália.

Este eclipse terá duração total de 105 minutos e, no mapa abaixo, podemos ver exatamente quais regiões poderão acompanhar o acontecimento histórico. Aqui do Brasil, o eclipse será visível no “nascer” da Lua, a partir das 16h30, no horário de Brasília.

eclipse
(Imagem: Gizmodo)

Durante o eclipse, a Lua parecerá estar avermelhada no céu, pois a luz do Sol ainda é refratada e curvada ao redor da atmosfera da Terra. Sem dúvidas, será um momento digno de admiração, daqueles de lembrar para a vida toda.

Quer dizer, isso se a visibilidade do céu estiver bacana, é claro. Já se o céu estiver feio e nublado, impedindo que a gente assista a este fenômeno histórico, certamente poderemos observá-lo via streamings pela internet. Um serviço que já anunciou sua cobertura é o site Virtual Telescope, bastando acessar o site de sua webTV no dia e horário em que o eclipse começar.

E poucos dias após o eclipse lunar, Marte estará no seu ponto mais próximo da Terra desde 2003. No dia 31 de julho, o planeta vermelho estará a “apenas” 57,6 milhões de quilômetros. Quem tem o costume de olhar atentamente para o céu percebeu que já neste mês de junho é possível observar um ponto alaranjado, trata-se de Marte por está mais próxima da Terra.

Faça já parte da família Itecnews, acesse e conheça nossa pagina no Facebook e Instagram, interaja conosco em nossas redes sociais e tenha acesso as melhores novidades tecnológicas do mundo.

5482
Deixe seu comentário