Você conhece ? | Lara Guimarães uma cantora brasileira com uma voz de arrepiar

Hoje, aqui no Itecnews, vamos conversar um pouco com a talentosa Lara Guimarães, cantora e compositora, sua voz tem tudo para conquistar o Brasil e quem sabe o mundo.

Lara nasceu em Belo Horizonte – MG, em 28 de março de 1999 (22 anos), ariana e apaixonada pela vida, no decorrer do tempo descobriu que cantar é seu porto seguro, e atualmente faz disso sua vida.

Lara Guimarães
Direito de imagem: Lara Guimarães

Itecnews: Lara, conta pra gente um pouco sobre você:

Lara: Sou uma pessoa muito intensa nas coisas que sinto e costumo ter pensamentos profundos sobre as coisas mais aleatórias. Amo escrever, me lembrar da minha história e como me senti em muitas situações, e com isso sou também compositora. Comecei a de fato praticar e finalizar músicas há pouco tempo e ainda não tenho músicas autorais lançadas, o que é algo que espero alterar em um futuro breve.

Gosto de muitas coisas, mas se tivesse que destacar algumas, diria que amo ver séries e filmes, e experiências de primeira vez, tem um toque de mágica pra mim toda vez que vivencio algo novo, por menor que seja, e isso me faz ter gratidão pelos pequenos momentos da vida.

Fui atleta a maior parte de minha vida, participando da equipe de natação e vôlei do Minas Tênis Clube, o que me trouxe muitos ensinamentos sobre a vida, como disciplina, e também entender o quero ou não para o meu futuro. Ademais, gosto de me considerar uma pessoa extrovertida, mas tenho meus momentos de timidez também, fui trabalhando isso no tempo.

Lara Guimarães
Direito de imagem: Lara Guimarães

Meu gosto musical sempre foi muito diversificado, cresci ouvindo as músicas que meus pais gostavam, e fui gostando também, uma parcela grande era de músicas internacionais, então muitas das minhas referências musicais também são artistas internacionais, que admiro muito, são exemplos: Adele, Beyoncé, Jessie J, Sia, Whitney Houston (dá pra ver que me relaciono muito com vozes fortes e potentes né?!), Freddie Mercury, Cássia Eller, Iza, assim como bandas como: Beatles, OneRepublic, dentre muito outros.

Lara Guimaraes
Direito de imagem: Lara Guimarães

Itecnews: Por quê você começou a cantar ?

Lara: Acho que não consigo dizer um motivo concreto, a música sempre fez parte de minha vida, comecei a cantar com 2 anos de idade e desde sempre a música fez parte de mim, acho que se tivesse que colocar em palavras diria que comecei porque de certa forma a música faz eu me sentir de um jeito especial. Para mim, a beleza de poder vivenciar tantas emoções e sentimentos em um espaço curto de tempo, só pela simples mudança de música, é incrível! Quando eu canto é como se eu pudesse entrar mais fundo nessas mudanças, acabo me sentindo parte de algo muito maior.

Direito de imagem: Lara Guimarães

Itecnews: O que te faz amar música ?

Lara: Amo música pela forma como ela faz eu me sentir e sobre como ela consegue impactar vidas de forma tão rápida. Quando eu escuto uma música que gosto, parece que ela entra em minhas veias, ela tem o poder de me transformar, fazer eu me sentir bem e conseguir viver várias histórias sem sair do lugar. Amo também pelas mensagens que as músicas podem transmitir, existem tantas atemporais… Pensar que uma música, quando tocada no momento certo, pode alegrar o dia de alguém, fazer as pessoas se sentirem compreendidas, darem um sorriso, ou até mesmo chorarem e sentirem a pressão sair de seus ombros, isso me fascina, pois as opções são infinitas.

Itecnews: E o que te motiva ?

Lara: Bom, o que me motiva é a música e cantar. Ser uma cantora de sucesso é meu sonho e propósito de vida, quero poder crescer como artista para conseguir impactar vidas de forma positiva e conseguir ajudar pessoas, fazer com que se sintam parte de algo, que não se sintam sozinhas, que se sintam empoderadas e capazes, isso me motiva, fazer a diferença.

Lembro-me de exemplos do cenário da música que me impactaram ao longo da vida e espero um dia poder fazer o mesmo. Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades e com elas possibilidades de mudanças mais que necessárias, e eu quero poder ser uma pessoa ativa nisso, isso também me motiva.

Além desses motivos, minha motivação também vem de uma forte curiosidade – que tenho de sobra – sobre o meio musical, sobre como meus ídolos musicais vivem, e como são algumas experiências, como por exemplo, apresentar em um estádio lotado quando todas as pessoas levantam luzes e cantam juntas, ou como deve ser conhecer os grandes artistas de perto, aprender com eles, e muitas outras coisas.

Itecnews: Teve algum acontecimento que te fez perceber o quanto a música significa pra você ?

Lara: Participei de um show de talentos, e acho que foi um momento em que… Não sei se você já sentiu isso, mas é sobre quando você sente que nasceu para alguma coisa?! Acho que foi lá um dos principais momentos que eu senti que tinha nascido pra música. Quando eu fui cantar, eu apresentei a música Hallelujah, versão da Alexandra Burke, e naquele primeiro segundo fiquei um pouco nervosa e tensa, mas depois me entreguei e senti que ali era o lugar onde eu queria estar, pois ali eu me sentia bem, sentia uma energia extraordinária.

Ao final do show de talentos eu ganhei o prêmio de artista destaque e fui aplaudida de pé, foi uma sensação incrível! No geral fiquei em terceiro lugar, mas pelo voto do público fui eleita como artista destaque, então fiquei muito feliz.

Itecnews: Quem são as pessoas que possuem um papel importante nessa sua caminhada ?

Lara: Cada pessoa em minha vida teve um papel essencial para eu chegar ao ponto de consciência que tenho com a música hoje, então seria uma lista bem comprida pra citar inteira aqui para você, mas em especial tenho meus pais que me proporcionaram a oportunidade de fazer aulas de canto e desenvolver minhas técnicas aos poucos. Minha irmã também me ajudava me dando livros de biografias de músicos que eu pedia pra ela, e assim, aos poucos fui ficando ainda mais curiosa sobre o meio. Meus amigos sempre me apoiaram e fizeram eu me sentir bem sobre minha voz, mesmo em momentos de insegurança, com enfoque pro meu melhor amigo e namorado Felipe, que sempre ajuda da forma que pode, ele inclusive chegou a me dar um microfone e o ring light que uso hoje, suas palavras de incentivo me ajudaram e ajudam muito. Além disso, profissionais incríveis com quem eu pude trabalhar no meio da música também me inspiraram e fizeram parte dessa trajetória.

Atualmente treino canto com a professora Luiza Lara, e ela está sempre pronta pra me ajudar com minhas dúvidas e minhas curiosidades sobre a voz ou sobre como fazer algo.

Soa-me tão injusto citar tão poucos, queria poder descrever cada um, mas não sei se cabe aqui.

Itecnews: Como você está agora ?

Lara: No momento estou me doando 100% à música, comecei a compor, e apesar de não ter nenhuma música de minha autoria lançada, eu tenho um projeto internacional que está um pouquinho parado, mas que uma hora vai sair. Por enquanto estou apenas compondo e tentando descobrir um pouco qual é o meu fluxo e o que vou querer compor. Mas no geral estou gostando muito do processo, respirando música o dia inteiro, 24h.

Estou focando em aprender, voltei a praticar teclado, estou vendo e conhecendo outros músicos e como eles trabalham também.

Além disso, estou fazendo lives no TikTok, focando em crescer minhas redes sociais, para poder ter um engajamento maior, e tentando voltar com uma constância de publicações.

Direito de imagem: Lara Guimarães

Atualmente eu gravo meus vídeos com meu celular, um tripé com ring light e meu teclado. Quero em um futuro breve aprender mais sobre produção musical e aprimorar minha forma de gravar, assim como melhorar meu áudio, pois acredito que a evolução precisa ser constante, ser melhor amanhã do que somos hoje.

Lara Guimarães nas redes sociais

Lara Guimarães
Direito de imagem: Lara Guimarães

Faça já parte da família Itecnewsacesse e conheça nossa pagina no Facebook e Instagram, interaja conosco em nossas redes sociais e tenha acesso as melhores novidades tecnológicas do mundo.

869
Deixe seu comentário