Thrones
Destaques Gestão Empresarial Motivação Humana

O que GAME OF TRHONES nos ensina sobre liderança?

Que Game of Thrones é um sucesso mundial disso ninguém duvida. A eletrizante trama de ficção em torno de quem será o ocupante do trono de Westeros, traz a cada episódio muito drama, ação e suspense, o que faz o espectador inclusive este que vos fala ser fã incondicional desta produção da HBO. Mas o que GOT nos ensina sobre Liderança a administradores e gestores de empresa? Essa é uma questão que podemos analisar e tirar exemplos práticos para o dia a dia para o mundo dos negócios.
Primeiro vamos analisar um dos personagens centrais da trama, o carismático e enigmático Jon Snow, Para quem também acompanha a saga de Snow sabe que ele foi aclamado na última temporada o Rei do Norte, mesmo sendo um membro secundário da Casa Stark, título este resultado da sua capacidade de motivar e inspirar pessoas, sua capacidade de reunir pessoas em torno de um mesmo ideal, de estar sempre à frente nas batalhas mesmo aquelas em que seu exército está em menor número, como foi o caso da Guerra dos Bastardos, seus discursos inspiradores, sua disposição de se sacrificar e colocar os interesses de outros à frente dos seus, fazem dele sem dúvida um dos personagens mais queridos da trama.
Administradores e Gestores podem aprender do exemplo de Snow que lideres capazes de inspirar seus liderados com seu exemplo de comprometimento e dedicação, estar sempre à frente da equipe motivando e inspirando seus colaboradores para atingirem os melhores resultados mesmo quando os desafios e metas à frente parecem intransponíveis, sua capacidade de doar de si mesmo, desenvolve um ambiente de colaboração e gera nas pessoas um sentimento de unidade, um pensamento único de que juntos podem vencer.

Daenerys Targaryen é outro personagem que vale a pena ser observado, sua trajetória nada fácil demonstra sua persistência em conseguir um objetivo claro que é, segundo ela, sentar novamente no trono dos 07 reinos que é dela de direito, para isso ela conseguiu reunir em torno deste ideal uma legião de seguidores. Sua forma justa, de tratar o povo, seu respeito pelos mais fracos e oprimidos, muitas vezes libertando da escravidão e dando a opção de que caso decidam segui-la será por livre escolha e não por medo, fez com que ela ganhasse o respeito e admiração de seu exército.

No mundo corporativo este tipo comportamento dos líderes é muito elogiado, gestores que conseguem fazer com que as pessoas deem o melhor de si, não por medo, mas por respeito, pois a empresa paga pela força de trabalho, mas nem sempre pela vontade de trabalhar, esta vontade é interna e única do ser humano, desta forma deve ser uma preocupação constante da gestão criar um ambiente de harmonia e colaboração entre os membros da equipe para que juntos possam sempre atingir maiores resultados.
Desta forma, GOT nos ensina que liderar é um arte nos momentos fáceis e difíceis, e que o líder com seu exemplo exerce papel fundamental no que diz respeito a motivar e inspirar pessoas, reuni-las em torno de um mesmo ideal, alcançar um objetivo em comum, nos ensina também que persistência e perseverança são essenciais para a vitória e que liderar é estar a frete guiando as pessoas no melhor caminho a seguir para alcançar melhores e maiores resultados.

Para ler mais textos sobre motivação humana e gestão empresarial de forma leve , acessar dosesdegestao.com.br.