Facebook não removerá mais Fake News; entenda o motivo

O Facebook comunicou que não vai mais remover as notícias falsas, uma vez que contar mentiras não viola os termos de uso da rede social. Apesar de executar campanhas contra as fake news, o Facebook teme que os pontos de vista pessoais dos seus editores possam influenciar em quais conteúdos serão removidos, resultando em uma ação “contrária aos princípios básicos da liberdade de expressão”.

Mesmo que esteja ocorrendo essa mudança, dar limites à desinformação ainda é responsabilidade da equipe do Facebook e, para isso, as mensagens que forem consideradas falsas serão rebaixadas no feed de notícias, como forma de render menos visualizações pelos usuários da rede.

Então durante um evento em Nova Iorque na última quarta-feira (11), a equipe da rede social conversou com a imprensa para reafirmar o compromisso em combater as notícias falsas. Quando questionada sobre a permanência de páginas que promovem conteúdos como teorias da conspiração, a equipe do Facebook respondeu aos repórteres: “Nós criamos o Facebook para ser um lugar onde pessoas diferentes podem ter voz”.

Uma porta-voz disse ao reporter Oliver Darcy, da CNN, ao explicar sobre os algoritmos que farão com que as publicações sejam menos frequentes nos feeds de notícias: “Nós permitimos que as pessoas publiquem esses conteúdos como forma de expressão, mas não vamos mostrá-los no topo do Feed de Notícias”.

Por fim, ficam, entretanto, as dúvidas: o direito à liberdade de expressão pessoal deve estar acima do interesse coletivo em garantir que a desinformação seja elucidada? Usar algoritmos para diminuir a visibilidade de um determinado conteúdo não seria uma forma de restringir a liberdade de expressão dos usuários da mesma forma que a exclusão dos posts?

Fonte: BBC UK

Faça já parte da família Itecnewsacesse e conheça nossa pagina no Facebook e Instagram, interaja conosco em nossas redes sociais e tenha acesso as melhores novidades tecnológicas do mundo.

1040
Deixe seu comentário