Estou me sentindo sem forças, o que fazer?

Olha só que interessante: seu cérebro se desenvolve a partir de fontes proteicas de alta qualidade. Isso significa que ele precisa sim de proteínas para a atividade neurotransmissora, afinal, muitos dos mensageiros químicos internos são aminoácidos, derivados de aminoácidos e pequenas proteínas feitas também de aminoácidos – os chamados peptídeos.

Tá, mas e daí?

E daí que esses carinhas chamados de neurotransmissores são aqueles nomes que você já está até cansado de ouvir falar: adrenalina, noradrenalina, dopamina – inclusive esses são feitos do aminoácido tirosina. Neurotransmissores são responsáveis por permitir que as células cerebrais (os neurônios) “conversem” a partir da transferência de informações entre elas.

Além desses existe um outro carinha muito importante, o GABA, esse nome estranho significa “ácido gama-aminobutírico” (sigla em inglês), que vai se contrapor a esses neurotransmissores citados, pois ele te acalma depois do estresse.

A serotonina, famosa que só ela, é outro neurotransmissor importante, se constitui do aminoácido triptofano, que te mantém em equilíbrio emocional.

A outra famosinha, a melatonina que te faz ou não dormir bem de noite, também derivada do triptofano, é super importante no estabelecimento do ciclo sono/vigília.

Já as endorfinas, tão desejadas são peptídeos (pequenas proteínas) que agem nos receptores opioides, logo controlam a dor.

Será por que você tem se sentido fraco? Os aminoácidos explicam

A deficiência de aminoácidos, segundo a doutora neurocientista, Caroline Leaf, atinge a capacidade dos transmissores de terem as devidas conversas proveitosas, conforme a gente viu anteriormente.

Assim, você pode se sentir fraco, apático e com dificuldade de relaxar, sem motivação, concentração e foco e impedido de construir memórias sólidas. Com certeza não é algo que você deseja para seu cérebro!

Por outro lado, quantidades suficientes de proteínas de boa qualidade em sua alimentação e também de aminoácidos auxiliam nas suas questões de saúde mental. Olha só que fantástico!

Para você ter noção, esses aminoácidos são mais eficientes que remédios prescritos – pois todos sabemos que a maior parte dos medicamentos possuem efeitos colaterais terríveis. Tem uma frase de Hipócrates que diz:

“que seu alimento seja seu remédio”

E com essa frase, ele definiu muito bem o fato de que uma dieta, um estilo de alimentação balanceado e saudável de alimentos de verdade pode manter tanto seu cérebro como seu corpo em forma, o que garante que você receba uma dose adequada de aminoácidos.

Onde encontrar proteínas de qualidade?

Existem alguns aminoácidos que são essenciais, já que o nosso corpo não pode fabricá-los ou gerá-los por si mesmo. Assim, precisam estar presentes em nossa alimentação.

Proteínas animais de alta qualidade, como carne que foi alimentada com grama e organicamente criada, e ovos de galinhas criadas em pastos, por exemplo, são excelentes fontes desses componentes.

Você encontra muitos dos aminoácidos essenciais em proteínas vegetais, tais como grãos de soja, quinoa, sementes, nozes, feijão, arroz e legumes.

Mas fica uma observação: as proteínas de origem vegetal são fontes incompletas de aminoácidos e você precisa consumi-las juntamente com outros alimentos, para que você mantenha uma boa saúde. Arroz integral e lentilhas juntos são uma fonte completa de proteínas.

Inspirado no livro: Pense e coma de forma inteligente, Caroline Leaf.

929
Deixe seu comentário