daniel
Curiosidades Destaques Esporte Futebol

Daniel Alves revela segredo de Messi e impaciência de Neymar

Depois de ser eleito o melhor jogador da Copa América 2019, Daniel Alves participou do programa “Bem, Amigos”, do SporTV, na noite desta segunda-feira (8), e contou uma história curiosa dos tempos de Barcelona. O lateral direito revelou um segredo que poucos jamais imaginaria sobre Messi, e que já desobedeceu a ordem do então treinador Pep Guardiola que fez sentido depois para o treinador.

Descubra Como Milhares de Pessoas Estão Ganhando Dinheiro Online Apenas Trabalhando em Casa

Se criou uma sensibilidade com Neymar, de que tudo o que o Neymar faz é motivo de debate, ou seja, que eu descordo muito de algumas criticas em cima do Neymar, porque elas vão externa e não interna, elas não vão no campo, porque o Neymar no campo sempre da resultado, sempre da resultado – Daniel Alves.

Você vai no campo a gente ve ele duelando no meio do campo driblando um duelo individual, com o jogador, com o adversario, não precisava disso, pro time seria melhor dentro da area, na entrada da area – Bodão.

Eu estou de acordo, mas essa conciencia é tipo assim, você vai criando, a medida que você vai crescendo como jogador, e você vai amadurecendo como jogador. Hoje a experiencia que eu tenho hoje de jogar futebol, não é a experiencia que eu tinha faz 5 anos, entendeu, que eu achava que eu tinha que fazer muito, que eu tinha que correr muito, e não, eu tenho que fazer bem, e não fazer muito. Então o meu traballho como amigo com Ney, é fazer ele entender, que ele tem que potencializar o dom dele de jogar futebol, porque por exemplo qual a fase no meu modo de ver que o Ney é desequilibrante, intermediaria adversaria pra frente, intermediaria pra trás, não soma muito, eu concordo em parte e descordo em parte, e em outras partes eu concordo, porque eu bato muito, não pensa que não, mas eu bato muito no Ney com isso, porque meu filho, quanto mais atrás você tiver, mas longe você vai estar do gol, que o objetivo principal que é de um atacante, do jogador do seu perfil, que jogador do seu perfil, tem que jogar intermediaria pra frente, não intermediaria adversaria pra trás, porque você passa a ser um jogador de criação, que hoje o futebol não tem, a gente sempre fala na defesa que quando, os meios campista vem buscar a bola pra gente, a gente não toca, porque se eles vem buscar atrás, eles estão dizendo o que, que a gente não sabe levar a bola até lá, não agente sabe muito bem levar a bola até eles, então quanto mais posicionados os jogadores estiver, mais rendimento todos vão ter, porque, o nosso objetivo é fazer a bola chegar neles, e o objetivo deles é desequilibrar o jogo. Só que por exemplo as vezes o Ney se impacienta, porque como a bola não chega, ele quer participar, já aconteceu isso uma vez com o Messi. – Daniel Alves.

“Por exemplo, eu tocava muito um passe que o Guardiola não gosta. Até hoje, eu acho que esse passe não progride, que é o passe da lateral ao ponta. Esse é um passe falso. Bola para extremo atacar e não perder a jogada é de meio para lateral e de lateral para meio. E, às vezes, eu conectava muito esse passe para o Messi”, comentou o lateral.


“E o Guardiola reclamava comigo. Eu respondia: ‘Não, mister, me desculpa. Mas se o Messi passar dois minutos sem tocar na bola, ele desconecta do jogo. Como o Messi tem que estar preparado para definir o jogo para a gente, então ele tem que ta conectado no jogo, então eu vou conectar ele no jogo’”, E ele respondeu: Você tem razão, contou.

O lateral também falou que Guardiola aprovou a sua ideia e que, de fato, o time costumava repetir essa jogada com frequência.

Juntos, Daniel Alves, Messi e Pep Guardiola duas Ligas dos Campeões da Europa.

Você acabou de matar uma charada que me parece o estilo dele, o jeito do Messi, você falou que se ele ficar 2 ou 3 minutos sem tocar na bola ele desconecta do jogo. Nessa Copa America teve um jogo que ele ficou 6 minutos sem tocar na bola, ai ele sumiu do jogo, não volto mais pro jogo, que é um cara que participaria o tempo inteiro – Galvão Bueno.

O cara ta acostumado no Barcelona a cada 10 segundos tocar na bola, passa 6 minutos sem tocar na bola, o problema não é no Brasil, o problema e na Seleção Argentina, que não entenderam que tem um Messi no time.

Fonte: Bem Amigos SporTV

Faça já parte da família Itecnewsacesse e conheça nossa pagina no Facebook e Instagram, interaja conosco em nossas redes sociais e tenha acesso as melhores novidades tecnológicas do mundo.

Renato Dos Santos
Empreendedor digital, e redator do portal de noticias iTecnews e do blog ExplosãoPromo. Posso todas as coisas naquele que me fortalece, porque com Deus não se vence, com Deus você já venceu.
https://itecnews.com.br