conexao
Destaques Tecnologia

CONEXÃO SEM FIO | INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PARA O MUNDO

A tecnologia por si própria vem trazendo inovações em e área do cotidiano humano, com a nova forma de se conectar à objetos, com fio ou de forma remota vem crescendo de forma admirável, e foi a parti dessas inovações que foi surgindo novas resoluções   de eletrônicos e acessórios que facilitam a vida de cada um.

A tecnologia remota tem uma história própria, antes do descobrimento das ondas eletromagnéticas, as conexões em geral era todas via cabo, mais fácil e mais barata.

Os primórdios da tecnologia sem fio foram marcados por luta e confusão, mas também por exemplos gloriosos de realizações científicas. A tecnologia sem fio é brutalmente difícil. O progresso das primeiras teorias de ondas eletromagnéticas até o primeiro  sinal telegráfico não aconteceu em uma questão de anos.

Demorou décadas. Avançar de enviar pequenos sinas através de água até conectar vastas redes de computadores no ar levou bem mais de uma século.

A telegrafia sem fio – também conhecida como radiotelegrafia – envolve a transmissão de ondas de rádio pelo ar em pulsos curtos e longos. Esses “pontos” e “traços” – também conhecidos como Código Morse – eram então captados por um receptor e traduzidos em texto por um operador de recepção. Em poucas palavras, esse novo método de comunicação permitiu que os seres humanos se comunicassem através de grandes distâncias com relativa facilidade.

Hoje, aproximadamente dois bilhões de dispositivos de sinal estão em uso pelo mundo e as redes sem fio estão presentes em diversos ambientes corporativos e sociais.

As redes sem fio são de suma importância para nos humanos, então visando nisso que foram criados “fone de ouvido” sem fio, facilitando assim a vida, e trazendo menos transtorno com fios embolados.

Visando isso foi desenvolvido fones fácil de carregar, e com toda conexão sem fio click no link abaixo e saiba mais.

Josué Araújo moreira
Estudante de TADS na UEPA DE REDENÇÃO PA, técnico em informática e manutenção de micros.