A falta desse ingrediente faz sua vida continuar travada

Você já se pegou pensando “será que sou feliz?, estou só empurrando minha vida com a barriga?, estou vivendo apenas o hoje, pensando que talvez não haja o amanhã?”

Se já, entenda que essas são as perguntas urgentes para nossa geração.  E faz a gente pensar no impacto que a inteligência humana tem sobre toda a humanidade.

Essa capacidade tem origem lá no código genético de toda a história de vida nesse planeta. Somos influenciados por nossas experiências diárias, nossa saúde física e mental, alimentação e exercícios que praticamos, tipos de relacionamentos que construímos e outros fatores que vêm de fora.

Tudo isso é processado pelo cérebro. Daí que vem os famosos quocientes que te permitem reconhecer padrões, hábitos e emoções: os quocientes emocional, de inteligência, de posititividade e espiritual (QE, QI, QP, QS).

Entendendo cada tipo de quociente

A inteligência emocional (QE)

Surgiu em 1990 com esse nome, e é definida como a “capacidade de monitorar as emoções próprias e dos outros, discernindo entre elas e como usar tal informação para guiar os pensamentos e ações.”

Nada mais é que o uso sensato das emoções.

Daniel Goleman, considerado o pai da inteligência emocional, defende que o QE envolve:

  • Autoconsciência
  • Empatia
  • Autocontrole
  • Sociabilidade
  • Zelo
  • Persistência
  • Automotivação.

Para ele, é a inteligência emocional que define o sucesso ou o fracasso das relações e das experiências cotidianas. Ele acredita ainda que 85% do desempenho de líderes de sucesso se deve ao QE.

Inteligência intelectual (QI)

Hoje nem tanto mais utilizada, mas ainda existente, o quociente de inteligência é aquele que trabalha no espaço das habilidades, recursos e talentos naturais aprendidos. São fatores que se organizam em favor da pessoa.

Inteligência positiva (QP)

Shirzad Chaminé, define QP em seu livro “Inteligência positiva” como uma “indicação do controle que alguém tem sobre sua própria mente, e também quão bem sua mente age para beneficiar o próprio indivíduo.”

Sua mente pode ser sua melhor amiga ou sua pior inimiga se quiser sabotar a si mesma.

Quando sua mente te avisa que você precisa se preparar para algo, como um compromisso no dia seguinte, ela está sendo sua amiga e gerando uma ação positiva. Porém, se ela te despertar na madrugada, ansiosa por causa desse mesmo compromisso e começar a martelar as consequências de um possível fracasso, aí ela está sabotando você, roubando seus recursos mentais e sua energia.

Inteligência espiritual (QS)

Para mim, o QS é o mais poderoso de todos os outros quocientes. Por ter ligação com o lado espiritual também tem poder de modificar o ambiente físico e emocional.

E é bem visível a busca incessante por uma espiritualidade holística e integral que se tornou até um mantra na sociedade em que vivemos. Porém, a espiritualidade vai muito além de uma harmonia cósmica…

Na verdade, ela deve ser uma fonte de força e inspiração para que as pessoas possam se harmonizar não só com o Universo, mas também consigo mesmas e com o próximo.

Afinal, uma pessoa bem resolvida e movida por fé é alguém que tem uma fonte dentro de si.

É aquela que é capaz não só de sobreviver, mas de se tornar fonte de inspiração e motivação em busca de resultados para o propósito a que se entregou e isso inclui seus negócios financeiros e produtividade.

Como é ter um alto quociente espiritual?

Ter alto quociente espiritual te faz ser capaz de usar a espiritualidade para obter uma vida mais rica e cheia de sentido, com senso de finalidade e direção pessoal.

É parar de acordar sem vontade de enfrentar a segunda-feira.

Começar a ter uma visão mais clara do que se quer alcançar na vida.

Conseguir ser mais criativo para encontrar soluções para os problemas que a vida nos impõe e que nós mesmos criamos muitas vezes.

Ter mais sentido para viver.

Dar um fim no vazio de não ter propósito na vida.

Ter valores éticos e crenças que vão te dar um rumo para tomar as melhores decisões.

O que a ciência diz sobre o quociente espiritual (QS)?

Há muito tempo as filosofias da vida discutem sobre a existência de Deus e sua importância.

Hoje, com o avanço da Ciência, já se sabe que existe uma área dentro do nosso cérebro que é ativada somente quando a gente exercita o QS.

A própria Psicologia Positiva já nos traz claramente através de experimentos que nossos pensamentos exercem grande influência sobre nós, ou como enxergamos as situações do dia a dia e como lidamos com as frustrações.

A partir de agora você entende que nossos pensamentos diários super influenciam nossa percepção de vida e dos desafios que enfrentamos. Se a gente deixar que os pensamentos ruins tomem conta de nós, vamos alimentar inimigos ocultos que nos impedem de viver nossa melhor versão.

A promessa que temos de Deus para nós é que tenhamos vida e vida em abundância. Mas nem sempre estamos vivendo essa vida de plenitude.

Agora você já sabe o motivo…. te falta usar esse ingrediente: a inteligência espiritual.

_______________________________________________________________________

Baseado no livro: “A inteligência espiritual”, de Robson Rodovalho e Samuel Rodovalho.

(Adquira o seu pelo link: https://sbeshop.com.br/loja/product/4524 )

1351
Deixe seu comentário