A batalha da mente sobre a alimentação

Muitas dietas hoje em dia são baseadas principalmente em mudanças comportamentais.

Mas é preciso entender o seguinte: nossa mente é mais poderosa que nosso comportamento – ela o define.

Conforme a neurocientista Caroline Leaf, quando disciplinamos ou renovamos nossa mente, mudamos a forma como pensamos sobre nutrição. E é isso que altera a estrutura de nossas escolhas alimentares. Porém, essa mudança não é instantânea (pra variar).

Leva vinte e um dias para reconfigurar as vias neurais, mais quarenta e dois dias até um ciclo completo de sessenta e seis dias para consolidar essa nova mentalidade em nosso nível mental inconsciente.

Só depois disso que você pode usá-la e assim ela se tornar mais evidente em nossa vida.

Dessa forma, qualquer promessa milagrosa de dietas por aí deve estar sob nossa vigilância intelectual, mudanças reais e permanentes sempre levam tempo e exigem esforço.

É possível alterar a mente

É uma batalha que podemos ganhar.

Afinal, Deus criou a mente humana com uma capacidade absolutamente fenomenal de alterar a si própria. Romanos 12:2 já dizia:

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

1279
Deixe seu comentário