Novo Android se chama Pie e usa IA para melhorar utilização dos usuários

A Google finalmente revelou na ultima segunda-feira (6) o nome oficial do Android 9, até então apenas chamado de P. O novo sistema operacional se chama Pie (“torta”, em português) e recebe algumas novidades ainda não anunciadas pela empresa.

A companhia já havia informado algumas novidades do programa durante a sua apresentação para desenvolvedores. Agora, a gigante informou que usuários de smartphones da linha Pixel, bem como de outros aparelhos já compatíveis com o beta, poderão baixar o novo Android Pie já nesta segunda.

Com grande destaque a primeira grande novidade é uma utilização mais robusta de mecanismos de inteligência artificial acoplado ao Android. Com isso, o sistema operacional oferece uma série de pequenos confortos, como prever a sua próxima ação e adiantá-la para você, até adaptar o consumo de bateria de acordo com a utilização do aparelho.

Ele vem com a proposta de fazer um sistema mais adaptável ao usuário, a empresa adicionou a ferramenta Adaptive Battery, que prioriza energia para determinadas funções em detrimento de outras, e o Adaptive Brightness, que regula o brilho da tela de acordo com a utilização.

Android
Android tem agora sistema adaptativo de bateria e brilho de tela.

Um adicional ao sistema é o App Action. Esta é uma pequena aba que fica na parte superior do aparelho e que já apresenta os possíveis apps que você pode precisar, dependendo da ação que estiver fazendo. Um exemplo é quando se coloca um fone de ouvido no aparelho e ele já sugere ações como, por exemplo, ligar para a lista de favoritos ou começar a tocar as músicas do Spotify. A ideia é que, com o tempo de uso, tais sugestões sejam ainda mais aprimoradas.

Android
No app action, o sistema sugere já uma nova ação para o usuário.

Outra novidade deste sistema operacional também é o Slices. Trata-se de um pequeno card que aparece quando o usuário faz uma busca por um aplicativo na barra do Google. O exemplo que a empresa dá é em relação ao Lyft (principal concorrente do Uber nos EUA). Quando um usuário busca pelo app, já aparece uma barra não só para abrir o app (caso esteja instalado no aparelho), como a estimativa de tempo e preço para uma viagem para casa ou trabalho, por exemplo. Assim, esta é só uma forma mais fácil de acessar algumas informações dos aplicativos.

Nova navegação do sistema

Mesmo com a introdução de mecanismos de inteligência artificial, o Android Pie também tem uma nova proposta de navegação pelo botão Home. Agora, o botão mostra uma versão em tela cheia dos aplicativos que estão abertos. Além disso, quando o usuário desliza o dedo para cima em qualquer lugar da tela, também pode ver esta opção de preview dos programas em execução.

Segundo a Google, a ideia é fazer com que seja mais fácil a navegação com uma mão só, ainda mais para smarphones com telas cada vez mais alongadas.

Android
Botão home mostra uma versão inteira do app para o usuário em reoatação lateral.

Outra introdução feita em relação ao mecanismo de inteligência artificial é que toda vez que o usuário selecionar um determinado trecho de texto, agora aparecem sugestões de ações para aquela palavra ou frase.

O uso inteligente do smartphone

Seguindo a nova tendência de melhorar a qualidade do tempo gasto pelos usuários no smartphone, o Android P agora tem toda uma gama de funcionalidades para ajudar o usuário a refletir sobre o modo como usa seu dispositivo.

O sistema operacional tem um dashboard que informa detalhadamente o tempo que o usuário gastou em cada um dos aplicativos que usa, quantas vezes ele foi aberto e em quais momentos. Com isso, o usuário também pode colocar um alarme em um determinado aplicativo caso exagere no tempo dedicado àquela aplicação.

Novas outras funções que são a de “não perturbe”, que elimina grande notificações e possíveis notificações visuais na tela para melhorar a concentração, e que modifica as configurações do aparelho de forma a despertar o menos possível nos momentos antes de dormir. O sistema operacional ainda oferece novidades em segurança e outras pequenas mudanças, como na forma de mostrar notificações e informações ao usuário.

Por fim, ainda estas funções de melhoria de aproveitamento estão apenas disponíveis para usuários dos Pixel, e devem chegar para outros aparelhos com Android Pie somente no ano que vem. O Pie também deve chegar para aparelhos que fazem parte do programa beta de testes, entre modelos da Sony, Xiaomi, HMD Global, OPPO, Vivo, OnePlus e Essential ainda no outono do Estados Unidos, o que seria próximo ao final do ano. Para outros dispositivos, é preciso que a própria fabricante lance sua versão personalizada do Android Pie para sua base de usuários — o que, dependendo da empresa e do modelo do aparelho, pode demorar um bocado para acontecer.

Fonte: Google 

Deixe seu comentário
COMPARTILHAR