Ferrari desiste para sempre dos câmbios manuais

É comum você ouvir falar de pessoas que curtem automobilismo, que passar marcha é um prazer quase que sexual. Há outras que preferem o câmbio automático, dizem que em esportivos, são muito melhores.

ferrari-california-manual-04-620x405

Pelas ultimas News, a Ferrari irá abandonar por completo o primeiro grupo, focando apenas nos câmbios automáticos. Segundo o chefe de tecnologia da Ferrari, Michael Hugo Leiters, O câmbio manual não pode ser comparado ao automático em desempenho e que o câmbio duplo ganha em diversas áreas, que são críticos à qualidade de performance. Nos últimos anos a queda em vendas dos carros manuais vem sendo exorbitante.
Ferrari não foi a primeira marca a aderir essa decisão. Outras gigantes como Lamborghini e a McLaren aboliram o uso de manuais. A Porsche apenas nos mais baratos. Entretanto, a esportivo de luxo Aston Martin persiste e mantem manuais em todas as linhas.

A última Ferrari com câmbio manual da história
A última Ferrari com câmbio manual da história

Consumidores se digladiam para chegar em uma conclusão, afirmam que “passar marcha” é apenas uma distração, que dirigir com uma mão, enquanto outra passa a marcha é algo perigoso. Já outros, fãs da oldschool do automobilismo acreditam que apenas passando a marcha manualmente é possível extrair 100% da potência.

ferrari-california-manual-05-620x405
OPINIÃO DO AUTOR:

Acabaram com o gosto de dirigir. Quando se olha apenas para o desempenho que um computador de bordo faz e não o quanto o motorista sabe, exclui aquele gostinho. No transito, dia-a-dia, ter um automático é sim mais confortável, mas superesportivos não foram feitos para o transito do dia-a-dia.

Autor: João Godoi

FONTE(S) TECMUNDO

IMAGEM(S) FLATOUT

Deixe seu comentário
COMPARTILHAR